Devolução de expedições


A devolução de expedições passa por um longo processo e não pode ser efectuada de imediato. O processo é similar ao das expedições de importação em termos do desalfandegamento. O destinatário em Portugal deve preencher uma declaração de re-exportação e a alfândega pode pedir ao destinatário que apresente uma licença de importação. A devolução de expedições também exige uma carta de explicação do expedidor sobre o motivo da devolução.

Para mais informações, contacte o Apoio ao Cliente.