Dicas de embalagem

Dicas de um engenheiro de embalagens

Dicas de um engenheiro de embalagens

Nosso engenheiro de embalagens quebra coisas para que você não tenha que passar por isso

Dave Nelson, engenheiro de embalagens da FedEx, tem a função peculiar de tentar quebrar as coisas. Na verdade, ele testa as embalagens e refaz o projeto delas para que protejam o conteúdo de modo eficiente e econômico. Ele considera a embalagem de qualquer produto, do motor de um carro de corrida de 250 mil dólares a canecas de 0,75 centavos e sementes. Trata-se de um dos trabalhos de bastidores pouco conhecido, mas importante, que mantêm o comércio vivo.

 Seis considerações para envio seguro de remessas:

  • Queda. Os pacotes precisam ser acolchoados para que o conteúdo passe no teste de impacto.
  • Vibração. Esteiras de transporte, caminhões e aeronaves fazem os pacotes vibrar, geralmente com resultados inesperados. Frascos podem se abrir, parafusos se soltar, componentes se desconectarem, extremidades se separarem e materiais macios se esfregarem na poeira.
  • Compressão. Os pacotes devem ser resistentes à pressão, de cima e nas laterais, conforme as cargas se deslocam.
  • Alterações de temperatura. Estação do ano, região geográfica, meio de transporte e destino podem representar flutuações enormes de temperatura. E isso pode adulterar a química, as vedações, o conteúdo etc.
  • Umidade. A umidade pode enfraquecer as caixas, já que elas a absorvem, e podem provocar condensação durante as mudanças de ambiente.
  • Pressão atmosférica. Os pacotes que passam por alterações de altitude (remessa aérea ou trânsito terrestre de baixa a alta elevação) sofrem mudanças de pressão com resultados inesperados. Por exemplo, um saco vedado de batatas fritas pode inflar e estourar em grande altitude.

Tenha todas as informações de antemão para economizar dinheiro

Regra de ouro: envolva sua transportadora desde o início. Converse com seu executivo de contas ou solicite a consultoria gratuita de projeto de embalagem de um engenheiro de embalagens da FedEx antes de investir em materiais de embalagem, definir tarifas de remessa, determinar faixas de preços e tomar outras decisões que afetam sua margem de lucro.

Dicas de embalagens econômicas:

  • Planeje com muita antecedência. Peso, peso dimensional, cobranças por grandes dimensões e manuseio especial afetam o custo da remessa do seu produto. O peso dimensional e as cobranças por grandes dimensões estão relacionados ao tamanho do próprio pacote. Se você está desenvolvendo um produto agora, já pode consultar um engenheiro de remessa para considerar pequenas mudanças que poderiam reduzir os custos de envio. É possível reprojetar alguns produtos para facilitar o envio e a montagem parcial pelo cliente, por exemplo.
  • Não pense que o pacote original é suficiente. Muitas empresas compram produtos para redistribuição. Eles podem ser produzidos em massa e despachados para o distribuidor com segurança adequada em paletes, mas assim que deixarem os paletes, as caixas avulsas poderão não resistir aos atritos do transporte.
  • Acolchoamento é fundamental. Conheça e proteja a parte mais frágil do seu produto. Se você envia várias mercadorias em uma única caixa, avalie o uso de compartimentos, embalagem aninhada, organização dos produtos na caixa e remessas divididas. Essas medidas podem reduzir custos e danos.
  • Não "envie ar". Minimize o espaço vazio no contêiner. Por exemplo, para enviar cestas de presente, escolha uma sem alça para ocupar menos espaço.
  • Use materiais de embalagem de qualidade. A qualidade da caixa, do acolchoamento e da fita adesiva é importante. É aceitável reutilizar caixas, mas você deve inspecioná-las e lacrá-las novamente.
  • Embale como um profissional. Extremidades cortantes podem danificar as mercadorias e deixar os clientes insatisfeitos. A FedEx apresenta instruções adequadas no vídeo How to Pack (Como embalar).
  • Identifique as etiquetas claramente. Siga as instruções do seu transportador. Em geral, a etiqueta é colocada na superfície maior do contêiner. Evite as extremidades da caixa para não dificultar a leitura do scanner. Imprima as instruções especiais na caixa (frágil, este lado para cima etc.), mas nunca deduza que essas instruções protegerão o conteúdo. Muitas caixas são mecanicamente transportadas em algum momento, e muitas são colocadas sobre a superfície maior, mesmo com as instruções impressas.
  • Conheça as instruções regulamentares do seu produto. Uma série de regulamentos definem os processos de remessa.
  • Monitore e ajuste. Rastreie os custos de envio e as tarifas por danos e revise todos os seus processos para descobrir como é possível melhorá-los. Se você incluir o monitoramento do seu produto, poderá melhorar os resultados e manter os custos baixos.

A remessa é como qualquer outra parte do seu processo de negócios. Os riscos fazem parte do pacote, e você precisa se planejar e mitigá-los de modo eficiente e econômico. Nelson percebeu que a entrega de um pacote impecável pode não compensar os custos. É tudo uma questão de equilíbrio. O objetivo é minimizar os riscos aos produtos e garantir a satisfação do cliente com a compra, além de gerar lucros. Nunca é fácil, mas como tudo na vida, o planejamento compensa.