Reutilizável e robusto

Liviri, marca da Otter Products, utiliza a FedEx® para levar alimentos frescos e vinho até a sua porta.

 

18 de setembro de 2020


termóstatos na parede

Deixar cair um smartphone pode ser um acidente dispendioso.

Foi assim que a Otter Products ganhou fama, oferecendo proteção a todos os aparelhos digitais de que dependemos através de uma capa capaz de resistir a todo o tipo de negligências. O mesmo pensamento focado na proteção levou a equipa que criou as capas Otterbox para smartphone a lançar uma marca inteiramente nova, chamada Liviri. Só que o objetivo deste grupo é proteger os alimentos perecíveis, vinho e outras encomendas com temperatura controlada, não só de danos físicos, mas também de se estragarem ou apodrecerem. E, o mais importante, fazem-no de forma sustentável.

termóstatos na parede

Com esta missão em mente, a equipa da Liviri procurou colaborar com a FedEx, não só para eventualmente transportar as caixas reutilizáveis, como também para ajudar a testá-las antes do lançamento.

Recipientes reutilizáveis num mundo "direto à sua casa"

O conceito de enviar alimentos frescos diretamente ao consumidor é ainda relativamente novo, mas está a crescer rapidamente. A Nielsen prevê que as vendas de alimentos e bebidas online dupliquem até 2024 e foi esta oportunidade que levou à génese da Liviri. Mas a equipa da Otter Products não só pretendia enviar perecíveis em segurança e com proteção térmica, como também queria garantir que o seu design oferecia uma alternativa ao desperdício de recipientes de utilização única prevalecente nesta categoria. Embora muitos destes produtos de utilização única sejam fabricados com materiais recicláveis, outros ainda utilizam Styrofoam como embalagem principal.

As caixas Liviri também mantêm o seu conteúdo mais refrigerado, alcançando um desempenho 80% superior ao das melhores caixas de cartão compacto isoladas quando expostas a temperaturas extremamente elevadas. Isto permite intervalos de expedição mais longos e diferentes tipos de perecíveis que talvez não possam ser enviados a determinadas temperaturas.

As caixas podem ser vendidas e geridas pelas empresas ou alugadas diretamente através da Liviri. As caixas são fáceis de limpar e de higienizar, enquanto as peças sujeitas a maior desgaste, como os ganchos que seguram as tampas, podem ser facilmente substituídas para manter as caixas em circulação.

Quando uma caixa completa o seu serviço, pode ser reciclada, uma vez que 95% dos materiais são recicláveis.

Atualmente, os clientes fazem todo o tipo de envios, desde salmão de captura selvagem até café e tartes gourmet. A equipa também criou a Liviri Vino, uma caixa Liviri especificamente concebida para garrafas de vinho, um segmento popular no comércio eletrónico. "O utilizador final também tende a preocupar-se mais com o ambiente e aprecia o facto de o recipiente voltar ao sistema para ser utilizado novamente", afirma Kyle Fanning, diretor de inovação de produtos na Otter Products.

"Reciclar os materiais é importante", afirma Fanning. "Mas poder reutilizar algo essencial nas entregas diárias tão frequentemente é onde vemos a maior diferença."

Mulher a deixar um pacote na loja fedex

Uma colaboração de longo prazo

A Otter Products é cliente da FedEx há muito anos. De facto, todas as suas expedições, incluindo cada artigo único enviado diretamente para o consumidor, são realizadas pela FedEx. É por este motivo que nos primeiros momentos da Liviri, o nosso número estava na marcação rápida para consulta. "Foi em 2016 que tivemos esta ideia de embalagens reutilizáveis para o envio de alimentos", conta Fanning. A equipa da Liviri começou a desenvolver os protótipos de recipientes a partir de materiais duráveis e recicláveis. Mas todo o desenvolvimento do mundo não teria importância se os recipientes reutilizáveis da Liviri não pudessem circular sem problemas pela nossa rede, tanto na viagem até ao consumidor, como no regresso, depois do desempacotamento dos bens.

Entrega da Liviri no laboratório de teste

No FedEx Packaging Lab em Memphis, Tennessee, o diretor de desenvolvimento e design de embalagens Tyler Kenney e a sua equipa tiveram de pensar fora da caixa para as amostras desenvolvidas pela Liviri. "Vieram ao nosso laboratório em 2017 e trouxeram um protótipo impresso em 3D e foi aí que começou o nosso feedback ao design", explica Kenney.

Kenney, um técnico de embalagem que está connosco há oito anos, descreveu como o laboratório não tinha um ensaio de resistência para uma caixa tão grande como o Protótipo Liviri e teve de encontrar novas formas de testar a sua durabilidade, incluindo simulações de queda. "Também tivemos de nos assegurar de que funcionaria no sistema de transporte", acrescentou Kenney. "Não queremos ter uma caixa a deslizar descontroladamente ou a provocar obstruções." Felizmente, esse cenário nunca se verificou durante os ensaios… nem desde então.

O laboratório de embalagem testa entre quatro e cinco mil peças por ano, uma cortesia para os clientes de todos os tipos. No final do trabalho de desenvolvimento inicial da nossa equipa com a Liviri, as caixas cumpriam as rigorosas normas de teste e sobreviviam a muitos ciclos de expedição graças a um robusto design.

Kenney afirma que ainda procuram formas de melhorar continuamente a experiência dos clientes e dos membros da equipa FedEx que encaminham os contentores reutilizáveis através do sistema. "Tem sido uma excelente colaboração que sinto que terá um impacto significativo quando as pessoas compreenderem todos os benefícios das embalagens reutilizáveis."