Tarifas

Sobrecarga de Pico

Sobrecarga de Pico

Anunciámos uma sobretaxa temporária em todos os envios de cargas e encomendas da FedEx Express e da TNT International, a partir de 13 de abril até indicações em contrário. A sobretaxa não se aplica aos envios domésticos dentro do país.

Serão aplicadas as sobretaxas seguintes aos envios de importação e exportação entre estas origens e destinos. Tenha em atenção que os ordenantes (aqueles que vão pagar) sediados na Europa que efetuem envios de terceiros da região APAC para as Américas poderão estar sujeitos a sobretaxas diferentes.

Implementámos esta sobretaxa devido às várias restrições de contenção da COVID-19 emitidas em países de todo o mundo. Estas restrições estão a afetar a cadeia de distribuição global. Desta forma, a capacidade de carga está limitada, pelo que estamos a incorrer em custos adicionais à medida que ajustamos as nossas redes internacionais para que possamos entregar da melhor forma bens e serviços tão necessários neste ambiente de constrangimento.

Esta sobretaxa será aplicada até indicações em contrário. Se tiver alguma questão relacionada com as sobretaxas, entre em contacto com o seu representante de vendas ou o Serviço de Apoio ao Cliente da FedEx.

A partir de 2 de novembro, a sobretaxa temporária será apresentada na fatura como "Sobretaxa de Pico".

Atualizado a 22 de dezembro de 2020

Para a maioria dos envios internacionais da China, uma sobretaxa mais elevada, de 0,90 € para 1,80 € por quilograma, terá início a 13 de maio de 2020.

Para a maioria dos envios internacionais da China, é aplicada uma sobretaxa mais reduzida, de 1,80 € para 0,90 € por quilograma, com entrada em vigor a 22 de junho de 2020.

A partir de 2 de novembro de 2020, aplica-se a todos os envios provenientes da Europa e MEISA para os EUA e o Canadá um aumento da sobretaxa de 0,20 € para 0,50 € por quilograma.

A partir de 28 de dezembro de 2020, aplica-se a todas as expedições provenientes da Europa e MEISA para os EUA e o Canadá uma diminuição da sobretaxa de 0,50 € para 0,20 € por quilograma.

Montante da sobretaxa (EUR por quilo)

País de origem País de destino
  China Resto da região APAC Resto do mundo EUA/Canadá
China - 0,90 0,90 0,90
Resto da região APAC 0,90 0,90 0,20 0,20
Resto do mundo 0,20 0,20 0,20 0,20
Europa/MEISA 0,20 0,20 0,20 0,20
Data de entrada em vigor: 28 de dezembro de 2020

Taxa mín. por encomenda: 0,90 €/envio

Taxa mín. por carga: 44,85 €/envio


Por que motivo é que a FedEx está a implementar uma sobretaxa durante uma crise de saúde mundial?

As perturbações e a incerteza no setor do transporte de cargas a nível mundial provocou um aumento no custo para exercermos a nossa atividade. Esta sobretaxa temporária vai permitir-nos continuar a prestar o nosso serviço com a máxima eficiência possível até que as condições do mercado global voltem ao normal.

Durante quanto tempo é que a sobretaxa vai estar em vigor?

Até indicação em contrário. Vamos avaliar esta sobretaxa de forma continuada. As condições do mercado estão a mudar rapidamente devido ao coronavírus. A nossa prioridade é continuar a prestar o melhor serviço possível aos nossos clientes durante este período de incerteza e de aumento dos preços para exercermos a nossa atividade, sendo que esta sobretaxa nos permite fazer isso mesmo.